terça-feira, 5 de maio de 2009

Desabafo de Mãe...

Se cabe um desabafo de uma mãe, ouvi meu filho chorar no telefone, e precisava escrever... não sei como ser mãe, e se ser mãe é isso?! Dói a cada lágrima que um filho derramar, dói cada não que você diz, dói cada castigo que você o impõem e você torce para no final acertar. Não importa o tamanho, idade ou localização de um filho, a única coisa que sempre será igual é a Dor de uma Mãe...

 

Dor de uma Mãe

 Desespero, Angústia, Dor,

Sentimentos que causam furor

Tristeza e muita confusão

não meço minha tensão

 

Ao ouvir sua voz e chorar

Uma lágrima quente senti rolar

Tão pequena me sentir

Desesperadamente até você ir

 

Vontade de correr e te abraçar

O mundo nesse momento parar

Quero tanto mudar tua dor

Num abraço te dar meu calor

 

Minha proteção sempre te dar

Quero no ventre, novamente te colocar

O que te machuca que não consigo ver

Quero muito e preciso saber

 

Se tua dor posso agora tirar

Diga o que faço, o mundo parar

Se soubesse da dor dele te ver

Somente te fazer sofrer

 

Meu filho me diz por favor

O que posso fazer para tirar essa dor

É insuficiente todo meu empenhar

O que faço além de te amar?

 Rayssa Zareen

5 comentários:

Anônimo disse...

O poema é lindo e tocante!!!

Parabéns Ana! Não conhecia esse talento para a arte de escrever.

Dolores disse...

Eu só me surpreenderia se não fosse voce
beijos

Anônimo disse...

Acho fantástico isso em você... Escrever com sentimento e não importa qual?!
Quando Deus dá o dom para alguém seja ele qual for... Ele dá por completo!!!
Aproveite ao máximo, exprima até a última gota... Não importa qual a situação
que estiver passando... Pode ter certeza que junto com o "tal" sentimento nascerá
um novo poema, um novo soneto , uma nova poesia... Que Deus te abençoe
hoje e sempre!

bjinhos

Vagnão disse...

Resolvi participar por você ser minha amiga, mas ainda não tinha lido com um pouco de tempo esses poemas maravilhosos, como é que você oculta esse DOM assim por tanto tempo?! Não nos vemos e nem nos falamos com freqüência, mas, você sabe que sou seu fã hoje e sempre!!!

Beijos do seu amigo cachorrão.

Anônimo disse...

Ana o poema Desabafo de mãe é lindo demais flor ,.. ele realmente mostra sentimento , olha sem palavras , simplesmente lindo , lindo rsrsrsrs....beijos